Rio Claro promete processar torcedores racistas

A diretoria do Rio Claro divulgou uma nota oficial nesta segunda-feira, na qual promete processar alguns torcedores que ofenderam o ex-jogador César Sampaio, diretor da empresa que comanda o futebol do clube. No sábado, na derrota para o Oeste, alguns torcedores teriam xingado o ex-atleta com palavras de cunho racista.

AE, Agencia Estado

08 de fevereiro de 2010 | 19h35

A torcida estava indignada com mais um revés no Paulistão. O time caiu para a 18.ª colocação da tabela, na zona de rebaixamento, com apenas quatro pontos. Os torcedores reclamaram da gestão da empresa C2B Sports, comandada por César Sampaio.

O Rio Claro terá dificuldade para conseguir se reabilitar no estadual na próxima rodada. Enfrentará o líder Santos, de Robinho e Neymar, na Vila Belmiro, domingo, às 17 horas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.