Rio volta a ter time na Libertadores depois de cinco anos

A classificação de Flamengo e Vasco para a final da Copa do Brasil garante a presença de um time carioca na Libertadores depois de cinco anos de ausência. A última equipe do Rio a disputar a principal competição sul-americana foi o próprio Flamengo, que se classificou para a decisão da Copa do Brasil ao derrotar o Ipatinga por 2 a 1, nesta quinta-feira, no Maracanã. Em 2002, no entanto, a equipe, que disputava o torneio por ter vencido no ano anterior a Copa dos Campeões, fez uma campanha pífia: num grupo que tinha Olímpia (que seria o campeão), Universidad Católica e Once Caldas, o Flamengo terminou na última colocação, com apenas quatro pontos: uma vitória, um empate e quatro derrotas, seis gols marcados e nove sofridos. O Vasco disputou a Libertadores pela última vez no ano anterior. Campeão da Copa João Havelange, que em 2000 valeu como Brasileirão, o time fez campanha brilhante na primeira fase, com seis vitórias em seis jogos, diante de Peñarol, America de Cali e Deportivo Táchira. Nas oitavas-de-final, passou com mais duas vitórias pelo Deportivo Concepción, do Chile. Acabou eliminado nas quartas, com duas derrotas para o Boca Juniors: 1 a 0 no Rio e 3 a 0 em Buenos Aires. As finais da Copa do Brasil serão realizadas apenas depois da Copa do Mundo, nos dias 19 e 26 de julho. A CBF deve confirmar as datas e os mandos de campo nesta sexta-feira, mas o mais provável é que os dois jogos sejam disputados no Maracanã, o que anularia, como no duelo entre Vasco e Fluminense, a regra dos gols fora de casa como efeito de desempate.

Agencia Estado,

19 Maio 2006 | 10h23

Mais conteúdo sobre:
libertadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.