Marcos Brindicci/Reuters - 02/05/2010
Marcos Brindicci/Reuters - 02/05/2010

Riquelme devolve salário ao Boca Juniors para compensar sua ausência

Meia descartou pagamento de três meses, por ter jogado apenas 135 minutos no último semestre

AE, Agência Estado

17 de dezembro de 2010 | 13h02

O meia argentino Juan Roman Riquelme devolveu ao Boca Juniors um cheque que havia recebido do clube com o pagamento dos últimos três meses de seus salários, por ter jogado apenas 135 minutos ao longo do último semestre, segundo informações da imprensa argentina.

Riquelme sofreu com as lesões neste ano. Em maio, ele foi submetido a uma cirurgia no joelho direito, que o afastou dos gramados por seis meses. Retornou no dia 6 de novembro, quando atuou nos 90 minutos da partida diante do Argentinos Juniors. Mas no intervalo do jogo seguinte, contra o River Plate, sentiu uma tendinite no tendão de Aquiles e foi aconselhado a não atuar até o fim do ano.

Por ter atuado tão pouco, o meia já havia prometido, em uma entrevista recente, que devolveria seu salário. "Vamos ver se o dinheiro que tenho a cobrar neste semestre pode ser utilizado em benefício do clube. Como torcedor do Boca Juniors não posso cobrar, não me sentiria bem", afirmou Riquelme.

Os diretores do clube argentino confirmaram a devolução do dinheiro por parte de Riquelme. Eles se reuniram durante esta semana com o jogador para acertar os detalhes do pagamento dos salários e foram surpreendidos pelo ato do jogador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.