Olga Maltseva/AFP
Olga Maltseva/AFP

Rival do Brasil, Costa Rica corta lateral-esquerdo da Copa por lesão

Ronald Matarrita sofre lesão muscular e é substituído por Kenner Gutiérrez

Estadão Conteúdo

14 Junho 2018 | 20h30

Rival do Brasil na primeira fase da Copa do Mundo, a Costa Rica sofreu uma baixa nesta quinta-feira. A federação de futebol do país anunciou o corte do lateral-esquerdo Ronald Matarrita por lesão muscular. Para seu lugar, já foi chamado Kenner Gutiérrez.

+ Goleiro da Sérvia descarta 'jogo de vida ou morte' na estreia contra a Costa Rica

+ Navas é preservado em treino da Costa Rica por conta de desgaste muscular

De acordo com o comunicado da Federação Costarriquenha de Futebol, Matarrita vinha reclamando de dores na coxa direita há alguns dias. Nesta quinta, o jogador do New York City foi submetido a exames que diagnosticaram a lesão, acabando com a possibilidade de ele disputar o Mundial.

"Ronald Matarrita vinha apresentando, há alguns dias, incômodo na parte posterior da coxa direita. Foi levado para o tratamento de terapia física, readaptação e medicação, mas durante o treinamento de ontem (quarta-feira), o jogador nos indicou que não houve melhora em seu incômodo", comentou o médico da seleção, Alejandro Ramírez.

 

Diante do tempo previsto para a recuperação de Matarrita, a comissão técnica definiu o corte e chamou Gutiérrez. O jogador do Alajuelense, da Costa Rica, participou de parte dos treinos de preparação da seleção para a Copa. Ele chegará à concentração do país em Samara neste sábado.

A seleção costarriquenha estreia na Copa do Mundo no domingo, quando enfrenta a Sérvia em Kaliningrado, pelo Grupo E. Na segunda rodada, o time centro-americano pega o Brasil, dia 22, em São Petersburgo. Depois, fecha a primeira fase contra a Suíça, em Nijni Novgorod.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.