Rafael Marchante/Reuters
Rafael Marchante/Reuters

Rival do Brasil na Copa, Costa do Marfim fica sem técnico

Bósnio Vahid Halilhodzic é dispensado do cargo após fraco desempenho da seleção na Copa Africana de Nações

Efe,

28 de fevereiro de 2010 | 14h53

A Costa do Marfim, segunda adversária do Brasil no Grupo G da Copa do Mundo de 2010, perdeu o técnico bósnio Vahid Halilhodzic, dispensado do cargo.

 

Jacques Anouma, presidente da federação local de futebol, anunciou a decisão depois da discreta atuação da equipe na Copa Africana de Nações em Angola, no mês de janeiro. A seleção foi eliminada pelos anfitriões por 3 a 2, nas quartas-de-final.

 

Halilhodzic disse entender que era uma decisão política. Ele tinha substituído o alemão Uli Stielike, mandado embora após a equipe ficar em quarto na Copa Africana de Nações de dois anos atrás.

 

A 100 dias do início da Copa do Mundo, a diretoria da federação corre atrás para buscar um substituto.

 

Brasileiros e marfinenses se enfrentam no dia 20 de junho, às 15h30 de Brasília, no estádio Soccer City de Johanesburgo. Portugal e Coreia do Norte completam a chave.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.