Rivaldo chega e vai estudar propostas

Rivaldo desembarcou hoje de manhã em São Paulo sem definir o seu futuro. O jogador deve passar alguns dias em Mogi Mirim ao lado de seus filhos. Tempo também para estudar propostas que chegaram de clubes da Europa, Ásia e de países árabes. "Estamos recebendo ligações de clubes de todas as partes do mundo. Ele vai analisar com calma. Ninguém está autorizado a falar em nome do Rivaldo a não ser a CSR (empresa do jogador)", garantiu Carlos Arini, procurador de Rivaldo. Arini disse que o empresário português Jorge Gama não é agente nem cuida de interesses do atleta na Europa. Gama havia anunciado na quarta-feira que era o representante de Rivaldo no futebol europeu e negociava com dois clubes ingleses. "O único Gama que eu conheço é o time do Gama, de Brasília, que caiu para a Terceira Divisão", ironizou Arini. O procurador garantiu que a CSR representa Rivaldo e cuida dos seus negócios no Brasil. "Na Europa, apenas o espanhol Manuel Ausette está autorizado a falar em nome do jogador." Rivaldo rescindiu contrato com o Milan na terça-feira. Passou por Barcelona e hoje desembarcou no Brasil. Não comprou ainda o bilhete de volta. Seu projeto é continuar no futebol europeu. Propostas não faltam.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.