Rivaldo critica calendário do futebol

Os jogadores que atuam no exterior deveriam ter mais tempo de preparação para a Copa, disse Rivaldo, em entrevista coletiva em Mogi Mirim, nesta quarta-feira à noite. Ao contrário de outros jogadores pentacampeões, Rivaldo não participou de carreata e também não quis receber homenagem na cidade que o revelou. "É o meu jeito." Rivaldo atuou no Mogi Mirim entre 92 e 93 e foi junto Válber, Cléber e Leto formaram o "carrossel caipira" no interior paulista. O jogador ainda estava reclamando de dores no tornozelo, razão pela qual pediu ao técnico Luiz Felipe Scolari para não participar das homenagens no Rio e em São Paulo. Na madrugada de terça-feira, desembarcou em Cumbica em Guarulhos e veio de carro para Mogi Mirim. "É difícil o jogador vir da Europa treinar e ficar pronto para as eliminatórias e campeonatos como a Copa do Mundo. É um sacrifício, que valeu a pena." Rivaldo lembrou que na Copa da França o Brasil jogou muito mal e o título foi merecidamente para a equipe francesa. Para Rivaldo, os campeonatos regionais no Brasil deveriam ter menos jogos devido a situação financeiramente difícil da população. Ele observou que mesmo em confronto de grandes clubes, o público é muito pequeno. Sobre sua atuação na partida contra a Alemanha, Rivaldo disse que estava sentindo muitas dores no tornozelo. Ficou muito feliz por participar das jogadas que resultaram nos dois gols de Ronaldo. De acordo com Rivaldo, o jogo mais difícil foi contra a Inglaterra, e classificou a partida contra a Bélgica como "divisor de águas", pois neste duelo, acredita ele, a seleção começou a se entrosar. No pênalti cobrado contra a Turquia, Rivaldo disse que repetia para si mesmo que não podia falhar naquele momento. Rivaldo terminou a coletiva dizendo que perdeu quatro quilos durante a Copa e que tem mais um ano de contrato com o Barcelona. O jogador deve visitar parentes na cidade de Paulista, em Pernambuco, na segunda ou terça-feira, e viajar para Barcelona até o dia 15 de agosto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.