Rivaldo deixa o Barcelona após 5 anos

Rivaldo já não é mais jogador do Barcelona. Neste domingo, o jogador e o clube catalão chegaram a um acordo para o desligamento, um ano antes do fim do contrato. O anúncio oficial foi feito no site do Barcelona na internet, terminando com a carreira de cinco anos de Rivaldo no clube. ?As duas partes consideram que essa decisão corresponde a seus interesses mútuos e querem expressar a boa relação mantida até esta data, bem como o bom clima em que se desenrolaram as negociações em todos os momentos?, diz o comunicado.Há alguns dias aumentaram os rumores de que Rivaldo poderia ir para o grande rival do Barcelona, o Real Madrid, a ponto de, no sábado, o diretor esportivo do clube madrilenho, Jorge Valdano, ter declarado: ? Se Rivaldo for liberado, nos interessa?. Neste domingo, o Real divulgou um comunicado desmentindo qualquer interesse pelo jogador brasileiro, destacando que ?não quer interferir na política esportiva do Barcelona, entre outras importantes razões, para preservar as boas relações entre os dois clubes?. O comunicado, inclusive, cita Jorge Valdano: ? O Real Madrid respeita o fato de Rivaldo ser jogador do Barcelona. Desta forma, queremos deixar claro que em nenhum momento nosso diretor Jorge Valdano tem tentado nem interna nem publicamente contratar o jogador, seja qual for a sua situação com o Barcelona?.Pode ser, apenas, uma cortina de fumaça, antes da confirmação da liberação do brasileiro. Mas, certamente, a saída foi um alívio para o jogador, que estava sendo pressionado, para o clube, que se livra de pagar cerca de 7,5 milhões de dólares em salários, e para o treinador Louis van Gaal, que, em sua primeira passagem pelo Barcelona, teve sérias divergências com Rivaldo sobre a posição que o jogador deveria ocupar em campo.De qualquer maneira, o técnico holandês deixou claro que não precisa do brasileiro para armar sua equipe. Para o lugar de Rivaldo, o Barcelona contratou o argentino Riquelme. Além disso, Mendieta conseguiu no fim de semana arrancar da Lazio um empréstimo ao Barcelona, o que vai aumentar o poder de fogo do time catalão. E, além de tudo, a liberação de Rivaldo, resolve o problema de jogadores não-comunitários do clube, pois os times espanhóis só podem registrar quatro por temporada e, com Rivaldo e Riquelme, ficariam cinco.Rivaldo está livre e, além de Real, fala-se em Lazio e Newcastle como possíveis destinos. Quanto às verdadeiras razões para a saída, só dentro de uma semana a dez dias, quando o jogador deverá voltar a Barcelona e dar uma entrevista coletiva para explicar o que aconteceu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.