Rivaldo não descarta jogar no Brasil

Rivaldo não é mais jogador do Milan. Ele rescindiu ontem seu contrato e já está arrumando as malas para voltar ao Brasil no fim da semana. Antes, passará alguns dias em Barcelona para cuidar de assuntos particulares. Sua preferência é jogar em outro clube europeu a partir de janeiro - quando será reaberto o mercado de transferências no continente -, mas não descarta a possibilidade de defender um time brasileiro até junho e depois voltar para a Europa.Caso fique até o meio do ano no Brasil, o clube que tem mais chance de contar com seu futebol é o Cruzeiro. Rivaldo tem um ótimo relacionamento com o técnico Vanderlei Luxemburgo e teria a possibilidade de jogar a Libertadores até o final. Se assinar com um clube que não dispute a competição sul-americana, iria embora antes que o Campeonato Brasileiro chegasse à metade. "Tem alguma chance de o Rivaldo ficar até o meio do ano no Brasil, mas jogar só dois meses do Brasileiro seria frustrante para ele e para o time", disse seu procurador, Carlos Arini. "Se ele jogar em um time brasileiro, seria melhor se pudesse disputar a Libertadores."São Paulo e Santos também têm vaga garantida na competição sul-americana, mas a possibilidade de Rivaldo acertar com um deles é menor por causa de sua ligação com o Palmeiras.Liverpool diz não - O procurador do craque disse que não há nenhuma negociação bem encaminhada, mas garante que o destino de Rivaldo será decidido antes do Natal. "Muita gente já me ligou. Fui procurado por representantes de clubes da Inglaterra, Espanha, Rússia, Turquia, Grécia, Japão, Catar e Coréia. Mas não tem nada engatilhado."Nos últimos dias houve muitos comentários na Europa sobre a possibilidade de Rivaldo assinar com o Liverpool, mas ontem o treinador do time inglês tratou de acabar com a especulação. "Rivaldo não nos interessa por dois motivos: em primeiro lugar, porque não se encaixa no nosso tipo de jogo; em segundo, porque seu salário seria muito acima da média do elenco e isso poderia provocar insatisfação entre os outros jogadores", afirmou Gerard Houllier.No Milan, Rivaldo disputou 38 partidas e fez oito gols. Ganhou a Copa dos Campeões, a Copa da Itália e a Supercopa da Europa. Nesta temporada, jogou só 42 minutos em partidas oficiais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.