Rivaldo: não é hora de criar polêmicas

A rescisão de contrato do meia Rivaldo com o Milan foi de forma amigável e sem conflitos. Ao menos essa é a opinião compartilhada tanto pelo vice-presidente do clube italiano, Adriano Galliani, quanto pelo jogador brasileiro. ?O acordo para rescindir o contrato entra em vigor imediatamente e é um assunto que será tratado com toda a serenidade e de forma amigável?, disse nesta sexta-feira o dirigente.O jogador pentacampeão, por sua vez, garantiu aos jornalistas locais que a decisão de deixar o Milan foi por ?vontade própria? e disse que era o melhor a fazer para todos. ?Portanto, não é hora de criar polêmicas. Lamento não poder mostrar no Milan o mesmo nível que exibi no Barcelona. Agora, quero encontrar uma equipe onde possa me sentir contente?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.