Rivalidade Norte e Sul no Italiano

Na Itália, é muito forte a rivalidade entre o Sul, mais pobre e problemático, e o Norte, rico e desenvolvido. Essas diferenças com freqüência são transpostas para o futebol - e quando se enfrentam equipes dessas regiões o tempo esquenta. A previsão não é diferente para o clássico que Napoli e Internazionale disputam, na noite deste domingo, no Estádio San Paolo, em Nápoles, no encerramento da 19ª rodada, a segunda do returno do Campeonato Italiano.Os napolitanos não perdoam os milaneses pelos coros racistas com que costumam ser recebidos no Giuseppe Meazza. Como há muitos trabalhadores da Campânia (Sul) que migram para a Lombardia (Norte), são habituais os cartazes de provocação. Alguns anos atrás, o Napoli jogou em Milão pouco depois de conquistar o título italiano. Assim que o time entrou em campo - eram tempos de Maradona e Careca -, foi aberta faixa saudando os "campeões do Norte da África".Napoli e Inter hoje não são campeões de nada. Ao contrário, lutam para sair da crise. Os napolitanos têm 17 pontos e são atormentados pela ameaça de rebaixamento. Os milaneses estão com 25 pontos e em constante turbulência. A compensação foi ter recuperado o atacante Vieri, que voltou a marcar.A Roma, atordoada com a derrota de 2 a 0 para o Liverpool pela Copa da Uefa, procura compensar com a boa campanha no torneio doméstico. Os romanos lideram com 42 pontos e recebem o Lecce (22). A vice-líder Juventus (36) visita o lanterna Bari (12), enquanto a Lazio (36) sai para jogar com o Perugia (26). As demais partidas são Atalanta (30) x Vicenza (19), Parma (26) x Brescia (20) e Reggina (14) x Fiorentina (25).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.