Rivellino é contra a "mala-preta"

A dois dias da última rodada do Campeonato Brasileiro, nenhum incentivo extra de fora chegou para o Corinthians vencer o Grêmio no jogo de domingo, às 16h, em Porto Alegre. E se alguém aparecer com a chamada ´mala-preta´ no Parque São Jorge, será expulso pelo diretor-técnico Roberto Rivellino. "Isso eu não admito. Se aparecer alguém com alguma proposta indecente, eu mesmo ponho o sujeito daqui para fora. Somos todos profissionais.Vamos tentar vencer o Grêmio porque essa é uma obrigação do Corinthians. Não precisamos de incentivo externo. De nenhuma espécie". O discurso de Rivellino combina bem com as palavras do técnico Juninho Fonseca, no começo da semana. De acordo com o diretor-técnico, o treinador deixou bem clara a posição do time na rodada decisiva do Campeonato Brasileiro em relação ao rebaixamento: o Corinthians não tomará partido em hipótese alguma. A preocupação no Parque São Jorge é grande principalmente porque o clube negocia com dois jogadores que pertencem ao Grêmio, Gilberto e Tinga. Apesar do interesse nos dois gremistas, em momento algum a diretoria confirmou qualquer tipo de negociação, justamente para preservar a relação com o clube gaúcho. "Temos que respeitar não só o Grêmio mas todos os clubes que ainda têm algum interesse na competição", acrescenta Rivellino. Os jogadores corintianos parecem ter entendido a posição do clube. Mas hoje, no Parque São Jorge, o goleiro Doni disse que não se sentiria constrangido se o time recebesse um ´incentivo´ para ganhar do Grêmio. "No meu ouvido não chegou nada de mala-preta. Mas se for para vencer, um bichinho a mais não faria mal". Em seguida, porém, o goleiro descartou tal possibilidade. "Esse dinheiro não vai vir, esquece. De qualquer forma, vamos entrar em campo para vencer o Grêmio". Já o volante Fabrício reagiu de uma forma diferente, dizendo que o Corinthians não precisa de incentivos para ganhar do Grêmio. "Não precisa ninguém nos pagar. Sempre jogamos para ganhar e não será diferente contra o Grêmio". Cinco equipes estão diretamente interessados numa vitória do Corinthians sobre o Grêmio, no Olímpico. Bahia, Ponte Preta, Fortaleza, Paysandu e Fluminense. O volante Vampeta confirmou que o técnico Juninho já fez um alerta. "O Juninho já deu o sinal de alerta. Vamos tentar ganhar do Grêmio independentemente de qualquer ajuda financeira".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.