River chega a São Paulo e nem treina

A delegação do River Plate desembarcou em silêncio, nesta terça-feira à noite, em São Paulo. O único que falou com os jornalistas enquanto caminhava para o ônibus foi o volante Mascherano, que em poucos dias estará vivendo na cidade como jogador do Corinthians.?Vai ser um jogo muito duro, mas viemos com a intenção de tentar ganhar?, revelou Mascherano, repetindo o que afirmaram o técnico Leonardo Astrada e alguns jogadores em Buenos Aires, antes da viagem. ?Não vamos jogar para empatar nem para perder de pouco. Queremos ganhar?, tinha dito o atacante chileno Marcelo Salas ainda na Argentina.Mascherano deu de cara com um corintiano que já usava a camisa 5 com o seu nome nas costas. Ele parou e deu um autógrafo para o torcedor, que se chama Wagner Mohallem e tem 26 anos. ?Espero que os corintianos torçam pelo River. Mas no momento não penso no Corinthians e sim em vencer o São Paulo.?Havia seis policiais da Rota no saguão do aeroporto para garantir a segurança dos argentinos, mas a saída do time foi muito tranqüila.Como o São Paulo não autorizou o treino de reconhecimento do gramado, a delegação seguiu direto do aeroporto para o hotel na região do Morumbi.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.