Alejandro Pagni/AFP
Alejandro Pagni/AFP

River e Boca empatam em jogo de chuva e expulsões

Time de La Plata soma 22 pontos; Equipe da Bombonera tem apenas 14 pontos, ficando no meio da tabela do Argentino

Estadão Conteúdo

05 de outubro de 2014 | 19h45

Líder do Campeonato Argentino, o River Plate contou com a ajuda da arbitragem para empatar com o Boca Juniors no chamado Superclássico do país. A partida, que terminou em 1 a 1, teve uma expulsão para cada lado e contou com um pênalti mal marcado para o River, o que causou também a expulsão do volante Fernando Gago.

O lance em questão aconteceu aos 41 minutos do primeiro tempo, quando Gago entrou na frente da bola para evitar um gol do River. A bola bateu na sua cabeça e, depois, no pé esquerdo, que ele havia levantado. O árbitro deu mão na bola e expulsou o jogador do Boca. Na cobrança, Fuenes Mori desperdiçou.

Naquele momento, o Boca há vencia por 1 a 0, gol de Magallán. Com um a mais, debaixo de fortíssima chuva, o River empatou no segundo tempo, com Pezzella. No finalzinho, Fuenes Mori também foi expulso, por um carrinho criminoso no meio-campo.

O empate levou o River Plate a 22 pontos, contra 18 de Independiente, que ainda joga por esta 18.ª rodada. O Boca Juniors não vai bem na temporada do Campeonato Argentino e soma 14 pontos, no meio da tabela.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.