Reprodução/ Twitter
Reprodução/ Twitter

River Plate repudia gestos racistas e xenófobos de torcedor em jogo com o Fortaleza

Clube se manifesta após vídeo mostrar torcedor da equipe argentina atirar uma banana em direção ao espaço reservado aos adversários

Redação, O Estado de S.Paulo

14 de abril de 2022 | 01h00

O jogo entre River Plate e Fortaleza pela Libertadores ficou marcado, nesta quarta-feira, por um gesto racista de alguns torcedores da equipe argentina em direção ao espaço reservado aos adversário no estádio Monumental de Núñez. Foram atiradas bananas e mostrada a bandeira argentina para os torcedores do time cearense.

Após a ampla divulgação em vídeo do ocorrido, o River Plate veio à público repudiar o ato racista e xenófobo cometido por seu torcedor e prometeu esforços para identificar os homens que cometeram os atos.

"O River Plate expressa sua absoluta rejeição aos gestos racistas e xenófobos de um torcedor em relação ao lado visitante e anuncia que já está implementando as medidas correspondentes para identificar o culpado e aplicar as sanções cabíveis", disse o clube argentino em nota.

O Fortaleza também usou as redes sociais para se manifestar sobre o ocorrido. O time tricolor ponderou que foi bem recebido em sua passagem por Buenos Aires, capital da Argentina, mas cobrou punição ao torcedor que cometeu o ato racista.

"O Fortaleza Esporte Clube repudia, de forma veemente, o ato de racismo e xenofobia ocorrido no Estádio Monumental de Núñez por um torcedor da equipe local. O clube foi bem recebido, a torcida desfrutou Buenos Aires por inteira e o crime, em específico, machuca o esporte.  O racista e xenófobo deve ser identificado, localizado e punido pelas autoridades competentes.", iniciou o Fortaleza em manifestação em suas páginas oficiais.

"Somos dois milhões de torcedores e torcedoras, somos de todas as classes e de todas as cores. O River Plate, um dos maiores clubes do Mundo, nos recebeu de forma educada, honrosa, o que nada se compara ao ato em questão. Racismo e xenofobia são crimes, e nossa instituição reforça o pedido de um posicionamento oficial da Conmebol Libertadores para a rápida identificação do autor para que todas as medidas cabíveis sejam tomadas", expressou o clube cearense em nota.

A partida terminou com vitória do River Plate por 2 a 0 pela 2ª rodada da fase de grupos da Libertadores. Os times voltam a se encontrar no dia 5 de maio, às 19h. Dessa vez, o duelo será em Fortaleza, na Arena Castelão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.