River promete marcar sob pressão

O River Plate não entrará em campo nesta quinta-feira obcecado pela vontade de conseguir uma vitória folgada, mas a idéia é não dar um minuto de sossego para o Corinthians. O técnico chileno Manuel Pellegrini preparou seu time para marcar sob pressão, a fim de concentrar o jogo em seu campo de ataque e dificultar a saída de bola dos corintianos.Foi assim que o time treinou nesta quarta. Marcação por pressão para recuperar logo a bola e toques curtos para tentar chegar ao gol. Nada de bolas altas para a área. "O Corinthians é forte no jogo aéreo. A melhor opção será respeitar nossas características e fazer as jogadas com a bola no chão", explicou o treinador do River.Pellegrini disse que, apesar da postura agressiva, seu time não terá pressa para construir o resultado. "É importante entrarmos em campo ansiosos para vencer, mas também é importante saber controlar a ansiedade para não cometermos erros. Vamos jogar com calma e tentar repetir o bom futebol que temos mostrado nas últimas partidas. Seria um erro entrar em campo pensando em golear um adversário do nível do Corinthians."O River venceu seus últimos nove jogos - incluindo Campeonato Argentino e Libertadores - e vem jogando bem. O destaque do time tem sido o meia-esquerdo D?Alessandro, que arma as jogadas, cobra faltas e aparece para finalizar. Ele ficou dois dias sem treinar por causa de uma indisposição estomacal, mas nesta quarta participou normalmente do trabalho comandado por Pellegrini.D?Alessandro pode estar fazendo seus últimos jogos no clube. Juventus e Lazio estão muito interessados em contratá-lo e dificilmente a diretoria do River conseguirá segurá-lo. Outro jogador que pode estar de saída é o atacante Cavenaghi. Artilheiro do último Sul-Americano Sub-20 com oito gols, também interessa à Juventus.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.