Agustin Marcarian/Reuters
Agustin Marcarian/Reuters

River supera Emelec e ultrapassa Flamengo na liderança do grupo

Pratto, ex-São Paulo, fez um dois gols da equipe argentina em Buenos Aires

Estadão Conteúdo

26 de abril de 2018 | 23h50

O River Plate fez sua parte e alcançou nesta quinta-feira a liderança do Grupo D da Libertadores. O time argentino recebeu o Emelec em Buenos Aires, venceu por 2 a 1 e ultrapassou o Flamengo, que não passou de um empate sem gols com o Independiente Santa Fe no dia anterior.

+ Vasco arranca empate com o Racing, mas continua em situação difícil

+ Cruzeiro faz sete na Universidad de Chile e sobe para 2º lugar no grupo

Com os resultados deste meio de semana, o River subiu para oito pontos, enquanto o Flamengo ficou com seis, seguido pelo Santa Fe com quatro e o Emelec com um. Um empate diante do Santa Fe na quinta que vem, na Colômbia, já classifica o River às oitavas de final. Se isso acontecer, bastará ao Flamengo vencer o Emelec no dia 16, no Maracanã, para também ficar com a vaga.

Após um primeiro tempo bastante complicado, o River arrancou na etapa final, embalado por Lucas Pratto. Aos 20 minutos, o atacante ex-Atlético-MG e São Paulo recebeu bom passe na entrada da área e girou batendo rápido para marcar.

O mesmo Pratto foi fundamental para o segundo gol. Aos 27, ele roubou a bola na intermediária e deu bom passe para Gonzalo Martínez, que finalizou com muito estilo, por cobertura. Nos acréscimos, Eduar Preciado diminuiu para o Emelec, mas já era tarde para uma reação.

No Grupo H, o mesmo do Palmeiras, o Junior Barranquilla venceu o Alianza Lima por 1 a 0, com gol de Luis Ruiz no segundo tempo, e assumiu a vice-liderança da chave. O time colombiano tem seis pontos, quatro atrás do já classificado Palmeiras, seguido por Boca Juniors, com cinco, e Alianza Lima, com um.

Na quarta-feira que vem, o Junior Barranquilla receberá o Boca em casa e eliminará o time argentino em caso de vitória. No dia seguinte, o Palmeiras visita o Alianza Lima para tentar confirmar a primeira colocação da chave.

Já pelo Grupo C, o Peñarol recebeu o Libertad, venceu por 2 a 0 e embolou a chave. Apesar da derrota, o Libertad segue na ponta, com nove pontos, seguido por Peñarol e Atlético Tucumán, ambos com seis, e The Strongest, lanterna com três. Todos os times mantêm chances de classificação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.