River tem um comandante, literalmente

Todas as manhãs, o major Jaime Oliveira responde pelo comando do Batalhão da Polícia de Trânsito do Estado do Piauí. À tarde, depois das 13h, troca a farda pelo uniforme surrado de treinador e vai a campo orientar os jogadores do River, tetracampeão estadual. A história poderia ser apenas mais uma a entrar para o folclore do futebol nordestino, não fosse um detalhe: Jaime é hoje o técnico mais respeitado do Piauí, mas nem por isso recebe um tratamento diferenciado de seus superiores na Polícia Militar. Leia mais no Jornal da Tarde

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.