River tem vantagem, mas prevê jogo duro

Com três desfalques, o River Plate recebe nesta terça-feira em Buenos Aires o Santos Laguna, do México, precisando apenas de um empate para seguir na Libertadores da América. Na partida de ida, em Torreón, o time argentino venceu por 1 a 0. Apesar da vantagem, o técnico Leonardo Astrada adota a cautela no discurso. Toda a preocupação tem explicação. No primeiro jogo, até mesmo a imprensa argentina reconheceu que o time mexicano foi superior e não merecia a derrota. "Será um jogo difícil porque o Santos Laguna já demonstrou que tem jogadores que desequilibram. Para nós será uma decisão e temos de pressionar se quisermos sair com a vaga", diz Astrada, que não contará com o lateral Garcé, o meia Tuzzio e o goleiro Costanzo. No Santos Laguna, o técnico De la Torre faz mistério sobre a escalação. No entanto, não deverá fazer mudanças em relação ao time que perdeu no México.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.