Robben se diz emocionado por voltar a jogar

Depois de se machucar às vésperas do início da Copa do Mundo, o atacante Arjen Robben pôde finalmente fazer sua estreia na África do Sul nesta quinta-feira. Entrou na metade do segundo tempo e foi decisivo para a vitória da Holanda por 2 a 1 sobre Camarões.

AE, Agência Estado

24 de junho de 2010 | 19h55

Em seu primeiro lance, Robben acertou a trave e, no rebote, Huntelaar completou para o gol, deixando a equipe holandesa no primeiro lugar do Grupo E. "É muito bom estar de volta. Eu voltei aos gramados e tudo deu certo. É uma pena que o chute não tenha entrado", lamentou.

O atacante, porém, não deixou de comemorar a sua eficiente participação na partida. "Estou muito emocionado porque trabalhei muito para isto. Este gol é muito importante para mim. Foi o resultado de horas de trabalho na minha recuperação. É difícil, mentalmente, se machucar faltando poucos dias para o início de um Mundial. Ainda não estou 100%, mas não importa, vou chegar lá".

A contribuição de Robben foi elogiada pelos seus companheiros. "A qualidade de Robben é indiscutível. Quando entrou no segundo tempo, ele demonstrou como desmontar a defesa adversária", elogiou o zagueiro Heitinga. "Nossa partida foi boa. Nós podemos ficar bem satisfeitos", reforçou o atacante Van Persie, autor do primeiro gol da Holanda.

"Nas duas primeiras partidas eu não estive bem. Só hoje consegui jogar no meu nível", analisou Van Persie, que já começou a pensar na Eslováquia, adversário das oitavas de final. "Enfrentar a Eslováquia, ao invés da Itália, é realmente uma boa notícia. Mas não podemos subestimar os eslovacos. Eles ganharam dos italianos e isso não é pouca coisa", alertou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.