Tiago Queiroz/AE
Tiago Queiroz/AE

Robert decide mais uma vez e faz torcida xingar técnico

Atacante marcou o gol da vitória do Palmeiras sobre o Atlético-PR pelas oitavas de final da Copa do Brasil

BRUNO WINCKLER, Agência Estado

15 de abril de 2010 | 22h02

O atacante Robert continua em silêncio e fazendo o que se espera dele. Sem ser unanimidade no clube que defende há nove meses, fez nesta quinta-feira, contra o Atlético-PR, o seu quarto gol em cinco jogos na Copa do Brasil. O placar de 1 a 0 conquistado no Palestra Itália é magro, mas dá ao Palmeiras a vantagem do empate no jogo da volta, em Curitiba, no dia 21.

Veja também:

link Palmeiras vence Atlético-PR por 1 a 0 pela Copa do Brasil

tabela COPA DO BRASIL - Resultados da competição

BLOG BATE-PRONTO - forum Vida nova para o Palmeiras

O jogador atuou sob os olhares de Fred, um dos mais badalados atacantes do futebol brasileiro e sonho antigo da diretoria palmeirense para vestir a camisa 9 deixada por Vágner Love. E não se acanhou. Participou bem do jogo, marcou seu gol logo no início e parece enfim ter conquistado o gelado coração de muitos torcedores do time.

Ao ser substituído, aos 38 minutos do segundo tempo, ouviu palmas e gritos de apoio pouco comuns para ele, que foi um dos crucificados pela torcida pelo mau momento da equipe. "Eu quero mais. Precisamos classificar", disse, rapidamente, aos microfones das rádios.

O atacante tem o apoio de todos. É querido pelos colegas de time, e claro, por Antônio Carlos, que deve muito do seu cargo aos gols dele. O treinador, inclusive, foi xingado de burro quando sacou Robert. Mais de 20 mil pessoas fizeram coro. O maior público do Palmeiras no ano não poupou o comandante e aliviou para os jogadores, muito aplaudidos depois do apito final.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.