Robert define seu futuro nesta quinta

O meia Robert telefonou nesta quarta ao presidente MarceloTeixeira para avisar que estava voltando de viagem e marcou reunião para esta quinta, quando deverá definir seu futuro no clube. Ele deveria ter se apresentado quinta-feira passada, logo depois da final da Libertadores da América mas viajou para o exterior, fazendo com que circulasse a informação de que estava acertando sua transferência para o futebol japonês. Já o lateral-esquerdo Rubens Cardoso teve de interromper o treino para conversar com o Ilton José da Costa, gerente de futebol, e deixou o CT Rei Pelé logo depois, para uma reunião na capital. O Palmeiras é o destino mais provável, já que Luxemburgo tem conversado com Leão à respeito. Mas Costa informou que há também uma proposta de um time europeu, que está sendo negociada por um empresário alemão. Leão achou precipitado falar na saída dos dois jogadores, que estão praticamente fora da Vila Belmiro. "Se não tivéssemos reposição nessas posições, seria pior", disse ele. E comentou: "são dois excelentes jogadores que todo time gostaria de ter, mas é preciso saber se eles gostariam de estar no Santos e se a política do clube daria para alimentar não só o ego, como a satisfação profissional e financeira deles". O treinador santista confirmou o interesse do Palmeiras em Rubens Cardoso, mas não estava muito confiante na negociação. Ele se encontrou na terça-feira com Vanderlei Luxemburgo numa festa e conversaram mais uma vez a respeito. "Ele quer o atleta e eu citei dois nomes de jogadores que interessam; ele não pode ceder e disse que não tem dinheiro". Leão completou: "quem não tem dinheiro e não cede jogador, não pode ter o atleta".

Agencia Estado,

07 Agosto 2002 | 19h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.