Leszek Szymanski/EFE
Leszek Szymanski/EFE

Robert Lewandowski, do Bayern de Munique, recebe prêmio do presidente da Polônia

Atacante é condecorado com honraria em reconhecimento aos feitos conquistados na carreira

Redação, Estadão Conteúdo

22 de março de 2021 | 10h58

Robert Lewandowski, do Bayern de Munique, recebeu uma homenagem nesta segunda-feira do presidente da Polônia, Andrzej Duda. Apontado pela Fifa como o melhor jogador da temporada passada, o atacante recebeu a Cruz do Comandante da Ordem da Polônia Renascida, uma das mais altas condecorações do país, criada em 4 de fevereiro de 1921.

"Não importa quantos troféus eu já ganhei... Agora minha ambição é alta e não quero descansar no meu sucesso", disse Lewandowski, de 32 anos, após aceitar o prêmio. Ele foi o grande líder do alemão Bayern que igualou o recorde de seis títulos em uma só temporada. A façanha pertencia ao Barcelona de 2009. O jogador é um fazedor de gols nato, e tem o reconhecimento de toda a Europa nesse momento.

Na temporada 2019/20, o Bayern de Munique foi campeão alemão, da Copa da Alemanha, da Supercopa da Alemanha, da Liga dos Campeões da Europa, da Supercopa da Europa e do Mundial de clubes, que contou com a participação do Palmeiras nesta edição - o time brasileiro não foi bem.

Além de todos os compromissos com o Bayern de Munique em 2021, Lewandowski também será o grande nome da seleção polonesa na disputa das Eliminatórias para a Copa do Mundo do Catar. Quinta-feira, a Polônia joga em Budapeste, diante da Hungria, e no dia 31 o time visita a Inglaterra, no Estádio de Wembley, em Londres.

A Fifa autorizou a retomada do torneio de seleções no continente europeu. Na América do Sul, os jogos estão paralisados em função da pandemia do novo coronavírus. O Brasil é um dos países mais atingidos pela doença. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.