Robert Prosinecki assume cargo de treinador do Azerbaijão

Robert Prosinecki assume cargo de treinador do Azerbaijão

Astro das seleções croata e iugoslava nos anos 90, ex-meia de 45 anos já comandou times como Estrela Vermelha e Kayserispor

Estadão Conteúdo

03 de dezembro de 2014 | 13h49

Um dos jogadores de maior importância na história da Croácia, Robert Prosinecki assumiu nesta quarta-feira o cargo de técnico da seleção de futebol do Azerbaijão. Aos 45 anos, o ex-meio-campista de Barcelona e Real Madrid pela primeira vez vai comandar um selecionado nacional como treinador.

Revelado pelo Dínamo Zagreb na segunda metade da década de 1980, Prosinecki jogou por sete anos na Espanha, passando pelos dois maiores clubes de lá. Chegou a jogar pela seleção da Iugoslávia, mas depois escolheu representar a Croácia quando houve a independência do seu país e os croatas foram aceitos pela Fifa. Em 1998, jogou a Copa do Mundo e fez dois gols.

Aposentado como jogador em 2004, foi assistente da seleção croata, passou pelo Estrela Vermelha (Sérvia) e pelo Kayserispor (Turquia) antes de ser anunciado pelo Azerbaijão nesta quarta-feira.

Em Baku, vai trabalhar no posto que era de Berti Vogts, alemão que estava no cargo desde 2008 e não conseguiu cumprir a meta de colocar o Azerbaijão pelo menos entre as seleções de segundo ou terceiro escalão da Europa. Assumiu uma equipe que ocupava o 134.º lugar do ranking mundial e a larga na 135.ª posição, depois de levar sonoros 6 a 0 da Croácia pelas Eliminatórias. Na Europa, só fica à frente do Casaquistão e dos amadores Malta, San Marino e Andorra.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.