Roberto Carlos culpa Mijatovic por sua saída do Real

Brasileiro revela que gostaria de ter assinado com o clube espanhol por mais duas temporadas

Ansa,

28 de fevereiro de 2008 | 13h55

O lateral-esquerdo Roberto Carlos, atualmente no Fenerbahce, da Turquia, disse nesta quinta-feira que saiu do Real Madrid por culpa do diretor Mijatovic. O brasileiro afirmou que teria continuado na Espanha se dependesse da vontade do presidente do time, Ramon Calderón.   "É culpa do Mijatovic. O presidente deu a responsabilidade a Mijatovic e não falamos mais disso. Queria assinar por dois anos e ele, no entanto, me disse que o acordo era válido apenas por 30 partidas", disse o jogador à Rádio Marca.   Com relação aos contratos vitalícios assinados por Raul e Casilla, Roberto Carlos admitiu que os dois jogadores mereciam isso, assim como mereceram outros grandes jogadores do passado.   "Poderiam ter feito com Sanchis, Hierro, Redondo. Todos excelentes jogadores que fizeram história no clube", disse Roberto Carlos, acrescentando que Guti merece o mesmo tratamento pois "é uma referência e, mesmo se criticam ele, foi um campeão e fez história do clube".

Tudo o que sabemos sobre:
Roberto CarlosReal MadridFenerbahce

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.