Roberto Carlos diz que não falhou no gol de Henry

O lateral-esquerdo Roberto Carlos está chateado com as duras críticas que vem recebendo desde a eliminação do Brasil na Copa. Tais cobranças anteciparam sua aposentadoria na seleção. Neste domingo, em entrevista ao Fantástico, o jogador disse que queria seguir defendendo o País e bater o recorde de jogos de Cafu e reafirmou, como o Portal do Estadão já havia publicado, que no momento do gol do francês Henry, sua função não era a de marcar. ?Eu não tinha de estar ali [junto aos atacantes rivais]?, enfatizou. Por sua baixa estatura, ele disse que espera sempre pelo rebote.

Agencia Estado,

09 Julho 2006 | 22h41

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.