Roberto Carlos inicia tratamento no Palmeiras

Lateral-esquerdo utiliza instalações do clube para se recuperar de uma fratura por estresse

Juliano Costa, Jornal da Tarde

15 de abril de 2008 | 22h09

O lateral-esquerdo Roberto Carlos, de 35 anos, começou nesta terça-feira um tratamento na Academia de Futebol do Palmeiras para se recuperar de uma fratura por estresse. Ele ficará três meses ao lado de Marcos e Denilson, outros dois pentacampeões do mundo com a Seleção Brasileira em 2002. Veja também: Vote: o gol de mão de Adriano foi intencional?   Vote: quem disputará a final do Paulistão?  Serviço: para quem vai ao clássico no Palestra Palmeiras detona arbitragem, Federação e São Paulo Ingressos esgotados para Palmeiras x São Paulo Denilson disse ter sido consultado por Roberto Carlos sobre as instalações do Palmeiras. E afirmou que torce para que o amigo, hoje jogador do Fenerbahçe, da Turquia, acerte um contrato com o clube. "Roberto tem muito carinho pelo Palmeiras." Roberto Carlos, de 35 anos, disse que a escolha do Palmeiras foi algo natural, devido a sua história no clube. "Tudo o que eu tenho devo ao Palmeiras. Sou grato ao União São João, mas foi o Palmeiras que me projetou para o futebol brasileiro e mundial e o lugar onde eu conquistei as minhas principais conquistas. O título do Campeonato Paulista de 1993, por exemplo, é algo que eu guardo e carrego comigo para sempre", disse o jogador, que também fez elogios à estrutura. "Tem profissionais de extrema importância no cenário do futebol e equipamentos de ponta. Muita coisa mudou para melhor do tempo em que eu jogava aqui", disse. O lateral, que foi revelado no União São João e atuou no Palestra Itália de 1993 a 1995, já se declarou torcedor do Santos, e preferiu não falar sobre uma possível volta ao Palmeiras. Para o fisioterapeuta Nilton Petroni, o Filé, o físico de Roberto Carlos pode ajudar bastante na recuperação do atleta. "Ele tem uma estrutura física fora do normal e um histórico de poucas lesões. É um jogador que se cuida bastante e está muito bem para a idade dele." ESPIÃOAlexandre Ceolin, cinegrafista que sempre faz parte das comissões técnicas de Vanderlei Luxemburgo, vai nesta quarta-feira a Curitiba assistir ao jogo entre Paraná e Internacional. Ele produzirá material em vídeo sobre o possível adversário do Palmeiras nas quartas-de-final da Copa do Brasil - isso, é claro, se o time passar antes pelo Sport.

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasRoberto Carlos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.