Roberto Carlos quer igualar número de jogos de Cafu

Roberto Carlos disse que seu último objetivo com a seleção brasileira é igualar uma marca de Cafu. "Sempre quero ganhar, e gostaria de ficar mais dois anos na seleção", disse o lateral, em entrevista ao site do Real Madrid. "Quero ganhar uma Copa América e outra Copa das Confederações, como em 1997. Meu último desafio seria chegar ao mesmo número de partidas internacionais que o Cafu".Na Alemanha, Roberto Carlos vai disputar seu terceiro Mundial. E ressalta: "Estive a ponto de participar da Copa dos Estados Unidos, mas o Parreira me disse que eu era muito jovem e preferiu levar o Leonardo, porque ele poderia jogar como lateral e meio-campo. Agora, estou me preparando bastante para superar minha atuação em 2002".O jogador comparou a exigência de ganhar que existe hoje na seleção brasileira com aquela que ele tem no Real Madrid. "O Brasil é como o Real Madrid. Só vale ganhar e empate não serve, até em treinamento. É uma pressão constante. Mas nós sabemos jogar futebol, estamos em uma competição curta, e um fato nos favorece: nos últimos 12 anos, só não ganhamos a Copa América da Colômbia - e isso porque fomos com jogadores que estreavam na seleção".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.