Arquivo/AE
Arquivo/AE

Roberto Carlos quer jogar no Santos, mas não agora

Lateral-esquerdo diz que fica até o fim do ano na Turquia; Corinthians também tem interesse no atleta

Sanches Filho, O Estado de S. Paulo

27 de agosto de 2009 | 18h46

Roberto Carlos, ex-lateral-esquerdo da seleção brasileira, Palmeiras e Real Madri, acabou com as especulações sobre a sua contratação pelo Santos, em entrevista à Rádio Cultura, de Santos. Ele explicou que tem contrato com Fenerbahce, da Turquia, até maio do ano que vem, e que a sua intenção é voltar ao Brasil em dezembro.

 

Veja também:

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

 

"Seria uma alegria enorme jogar no Santos. Mas não agora, no meio do Campeonato Brasileiro. Seria um desrespeito. Minha prioridade é ficar no Fenerbahce até o fim do ano", esclareceu o jogador. Ele disse que todo o dinheiro que tinha que ganhar no futebol ele conseguiu no Real Madri e que agora está chegando a hora de retornar ao Brasil.

 

Embora não descarte acertar com o Corinthians por causa de Ronaldo, Roberto Carlos apontou dois motivos para escolher o Santos no fim do ano. "Minha filha Roberta (16 anos) joga no futebol feminino do Santos e seria maravilhoso voltar a trabalhar com Luxemburgo". Ele revelou que o seu último contato com o treinador foi quando ele ainda estava no Palmeiras.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.