Roberto Carlos quer prêmio da Fifa

O lateral-esquerdo Roberto Carlos deixou a modéstia de lado e disse nesta terça-feira estar convencido que merece o título de melhor jogador do mundo, a ser entregue pela Fifa em dezembro. O brasileiro entende que o pentacampeonato da seleção brasileira, e o ótimo desempenho do Real Madrid na última temporada, o credenciam a ficar com pelo menos um dos prêmios a serem distribuído pela entidade - melhor do mundo e a Bola de Ouro. "Eu sou o único jogador do mundo a ganhar tudo, em 48 dias", disse Roberto Carlos em entrevista ao jornal espanhol ?As?, publicada nesta terça-feira. No meio do ano, Roberto foi campeão com a seleção brasileira no Mundial da Coréia/Japão e, pouco antes, ajudou o Real Madrid a conquistar o 9º título da Liga dos Campeões da Europa. "Se não quiserem me dar o prêmio, não me dêem, mas meus títulos estão aí. Meus adversários tiveram uma ou outra competição ruim, eu não. Este, sem dúvida, foi o meu ano?, argumentou ele. No ano passado, a Fifa entregou ao português Luis Figo o título de melhor jogador do ano. O inglês Michael Owen, do Liverpool, ficou com o Bola de Ouro - entregue ao melhor jogador da Europa.A festa de premiação da Fifa vai acontecer no dia 17 de dezembro. A 12ª edição da cerimônia será realizada no Palácio de Congresso de Madrid, como parte das comemorações do centenário do Real Madrid.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.