Roberto Carlos rompe com empresário

A história da ruptura do contrato entre o lateral Roberto Carlos, do Real Madrid, e seu empresário, Oliveira Júnior, continua bastante confusa. O jogador, preocupado com a repercussão das matérias publicadas pelo jornal espanhol ?Marca? de que o problema estaria afetando seu rendimento no clube, tratou de dar sua versão dos fatos. O mesmo, no entanto, não ocorreu com o empresário, que nas reportagens foi até acusado de chantagear o lateral. Roberto Carlos confirmou que está rompendo o contrato com Oliveira, com quem trabalha desde o início da carreira, mas desmente a briga. ?Há algumas pendências, o que é natural, e não convém entrar em detalhes, para que assinemos a rescisão de forma oficial, amigável e definitiva.? O jogador nega que o problema seja o valor da indenização que, segundo o ?Marca?, chegaria a US$ 1,8 milhão. O jogador diz saber separar lado pessoal do profissional. ?Tenho deixado isso tudo do lado de fora do campo. Nunca deixei de dar o máximo nos treinos ou jogos e atuar bem ou mal em uma ou outra partida faz parte do futebol.? A Agência Estado procurou Oliveira Júnior para ouvir sua versão sobre o caso. No escritório do empresário, porém, a informação era de que ele só se manifestaria por meio da mesma assessoria de imprensa de Roberto Carlos. Ricardo Andreu, dono da empresa, afirmou que presta serviços somente ao lateral, e não recebeu nenhum pedido do empresário neste sentido.

Agencia Estado,

12 Março 2002 | 20h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.