Roberto Carlos satisfeito com 2.º tempo

Apesar da derrota, por 3 a 1, para a Argentina, o lateral-esquerdo Roberto Carlos deixou o gramado do Monumental de Nuñez satisfeito. "Valeu pelo segundo tempo", disse o autor do gol brasileiro, cobrando falta aos 26 minutos da etapa final.O segundo resultado negativo - o primeiro foi para o Equador - não tirou o bom humor do jogador do Real Madrid. "Ficou uma vitória para cada lado e 33 vitórias de cada seleção", afirmou, referindo-se aos dois resultados das Eliminatórias - o Brasil venceu no jogo anterior também por 3 a 1, em Belo Horizonte - e também à história do duelo.Roberto Carlos disse que a seleção brasileira "não jogou" nos primeiros 45 minutos. "Mas não podemos perder o foco no nosso objetivo que é a classificação para a Copa da Alemanha." Ele acredita que a vaga pode ser garantida, em setembro, contra o Chile, possivelmente em Brasília. "Agora resta torcer para que o pessoal que vai disputar a Copa das Confederações tenha sorte e consiga um bom resultado", disse o lateral-esquerdo.Outro destaque do time brasileiro foi o meia Kaká. Se apresentou para iniciar as jogadas, não fugiu do confronto com Kily Gonzalez e ainda teve fôlego para chegar na área argentina.Os argentinos, que na véspera encheram os brasileiros de elogios, não se continham de tanta alegria. "O primeiro tempo foi excelente", disse o atacante Crespo, autor de dois gols na partida. "Mostramos que também somos um grande time." O jogador do Milan afirmou que a missão argentina nas Eliminatórias está cumprida. "Atingimos nossa meta. Estamos na Copa." A Argentina alcançou os 31 pontos, quatro a mais que a seleção brasileira. Restam três rodadas para o fim das Eliminatórias Sul-Americanas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.