Divulgação
Divulgação

Roberto Carlos volta a jogar, mas seu time perde na Índia

Equipe do técnico Zico superou o de lateral ex-seleção brasileira

Estadão Conteúdo

04 de outubro de 2015 | 13h49

O primeiro fim de semana da temporada 2015 da Superliga Indiana reservou para este domingo sua principal atração. O Goa, do técnico Zico, derrotou o Delhi Dynamos em casa, por 2 a 0. O grande destaque ficou por conta do treinador do time de Nova Délhi, Roberto Carlos, que voltou a atuar depois de três anos afastado dos gramados.

Em seu novo desafio na carreira, o lateral-esquerdo acumula as funções de técnico e jogador. Aos 42 anos, é o jogador mais velho da equipe. Sua última partida como profissional havia acontecido em 2012, quando também chegou a ser treinador e atleta do Anzhi Makhachkala.

Neste domingo, o ex-jogador de Palmeiras, Inter de Milão, Real Madrid e Corinthians entrou em campo após o intervalo. Se o fôlego e o desempenho não são os mesmos, lembrou os bons tempos em um forte chute já nos acréscimos, que quase diminuiu a vantagem do Goa.

O confronto, aliás, foi repleto de brasileiros. Do lado do Goa, estiveram em campo cinco jogadores do País, com destaque para o zagueiro Lúcio, o lateral Léo Moura e o atacante Reinaldo, que marcou um dos gols da vitória. Pelo Delhi Dynamos, foram quatro, incluído Roberto Carlos e o zagueiro Chicão. A equipe conta ainda com nomes conhecidos, como Riise, ex-Liverpool, e Malouda, ex-Chelsea.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.