Roberto Cavalo troca o Oeste pelo Criciúma na Série B

Depois de comandar o Oeste por mais de 100 jogos, o técnico Roberto Cavalo trocou o clube pelo Criciúma, que também disputa a Série B. O treinador acabou seduzido por uma oferta do time catarinense e irá substituir o croata Petkovic.

Estadão Conteúdo

10 de outubro de 2015 | 17h24

Roberto Cavalo praticamente assegurou a permanência do clube na Série B, principal objetivo na temporada. Ele deixa o Oeste na 14.ª colocação, com 38 pontos, a 12 da zona de rebaixamento. O time paulista não perde há oito rodadas.

A saída dele acabou pegando a diretoria de surpresa. O diretor de futebol Cidão Freitas lamentou a perda, mas deixou as portas abertas para um possível retorno. O auxiliar Renan Freitas assume o comando de forma interina. Ele atua na função há quatro anos e poderá ter a responsabilidade de comandar o time contra o Bahia, no próximo sábado, às 16h30, em Osasco.

De outro lado, Roberto Cavalo chega no Criciúma sob muita expectativa após o bom trabalho realizado no Oeste. O fato de ter sido campeão da Copa do Brasil no clube, em 1991, como jogador, pesou na escolha. O primeiro objetivo na nova equipe é encerrar a sequência negativa de oito tropeços seguidos, o que a deixou longe das primeiras colocações. O time catarinense é o 15.º colocado, com 36 pontos.

A sua primeira partida como treinador do Criciúma será diante do ameaçado Ceará, no próximo sábado, no estádio Heriberto Hulse, em partida decisiva na luta contra o descenso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.