Marcelo Sadio/Divulgação
Marcelo Sadio/Divulgação

Roberto Dinamite admite que pode tentar reeleição presidencial no Vasco

Presidente vê no possível título carioca a oportunidade de recuperar o prestígio perdido

AE, Agência Estado

31 de março de 2014 | 19h37

RIO - O atual presidente do Vasco, Roberto Dinamite, havia desistido da reeleição, mas o bom desempenho do time no Campeonato Carioca acendeu no ex-jogador a vontade de se manter na direção do clube. Responsável por gestão muito criticada pelos torcedores e oposição, ele vê no possível título do estadual a oportunidade de recuperar o prestígio perdido, principalmente com o rebaixamento do Campeonato Brasileiro em 2013.

Em entrevista à Agência Estado, Dinamite pediu paciência aos torcedores e revelou a vontade de continuar trabalhando para o Vasco. "O torcedor vê muito o resultado imediato. Não sou o melhor nem o pior presidente. Nesse primeiro momento quero continuar trabalhando. Esse ano tem a final do Campeonato Carioca, está começando a Copa do Brasil e eu ainda quero dar a volta por cima."

A data para a eleição da presidência do Vasco ainda não foi definida, mas será realizada ainda em 2014. Entre os candidatos estão confirmados os nomes de Eurico Miranda, polêmico ex-presidente do clube, e Roberto Monteiro.

O Vasco se classificou para a final do Carioca ao derrotar o Fluminense por 1 a 0, no domingo. Agora, vai decidir o título em duas partidas contra o Flamengo. Antes do primeiro confronto com o rival, a equipe joga na quinta-feira pela Copa do Brasil contra o Resende, na Arena Amazônia.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolVascoRoberto Dinamite

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.