Carlos Gregório Jr/Divulgação
Carlos Gregório Jr/Divulgação

Dinamite, ídolo do Vasco, revela descoberta de tumores: ‘Levantar a cabeça e enfrentar essa batalha’

Ex-jogador de 67 anos vai iniciar tratamento de quimioterapia nesta semana

Redação, O Estado de S.Paulo

09 de janeiro de 2022 | 18h41

Maior ídolo da história do Vasco, Roberto Dinamite revelou neste domingo que vai dar início a um tratamento de quimioterapia após a descoberta de tumores. O diagnóstico veio através de exames realizados no fim de dezembro, quando esteve internado para tratar uma obstrução no intestino. 

"Notícia dura, mas eu só tenho uma opção: Levantar a cabeça e enfrentar essa batalha", escreveu o ex-jogador no Instagram. "Essa semana iniciarei meu tratamento de quimioterapia buscando uma pronta recuperação para retornar o quanto antes às minhas atividades", concluiu. 

Dinamite foi hospitalizado no dia 23 de dezembro, em um hospital na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. O ex-jogador de 67 anos passou por uma cirurgia de emergência por causa de uma obstrução em parte do intestino. Ele passou o Natal internado, recebendo alta no dia 31 de dezembro. 

"Se cercar de pessoas boas e ter fé é muito importante nesse momento, mas confiar na ciência e na medicina é, e sempre será, o caminho mais rápido para a cura", disse.

Destaque do futebol brasileiro nas décadas de 1970 e 1980, Dinamite possui feitos expressivos em sua vitoriosa carreira. O ex-atacante é o maior artilheiro do Campeonato Brasileiro, do Carioca e do estádio de São Januário. Pelo Vasco, é o maior goleador e o atleta com mais jogos na história. Presidiu o clube entre 2008 e 2014.

No fim de 2021, o Vasco anunciou o lançamento de um financiamento coletivo para a construção de uma estátua do ídolo em São Januário. A meta foi batida em poucas horas, mas ainda não há previsão para a inauguração do monumento. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.