Roberto Dinamite reformula comando do futebol vascaíno

Duas semanas após sua posse, o presidente do Vasco, Roberto Dinamite, iniciou a reformulação do comando do futebol em São Januário. Quem sobreviveu foi Paulo Angioni, que é amigo pessoal de Dinamite e continuará como coordenador de futebol, agora como braço direito do vice-presidente de futebol, Manoel Fontes, o Neca.Os supervisores André Araújo e Nilson Gonçalves foram demitidos. O departamento médico do clube também deverá ser totalmente reformulado: Rafael Blum, Alexander Montenegro e Albino Pinto devem sair nos próximos dias. Alexandre Campello, Fernando Mattar e Clóvis Munhoz foram convidados para assumir os postos, mas precisam negociar pendências jurídicas da época da gestão Eurico Miranda. A parte de fisioterapia também deverá contar com uma série de novos profissionais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.