Roberto Fernandes deixa o comando do Náutico

Mesmo com a boa campanha no Brasileirão, técnico decide sair para dirigir o Atlético Paranaense

Agência Estado,

20 de maio de 2008 | 19h42

O técnico Roberto Fernandes acertou nesta terça-feira sua saída do Náutico, e deve ser apresentado nesta quarta pelo Atlético Paranaense para o lugar de Ney Franco, demitido na noite de terça-feira. "Tenho muito o que agradecer à torcida do Náutico. Saio com muito carinho pelo clube e espero um dia voltar", afirmou o treinador, que fez questão de registrar: "Deixe o Náutico como líder do Campeonato Brasileiro". Após duas rodadas, apenas o time pernambucano e o Cruzeiro seguem com 100% de aproveitamento e ambos têm 3 gols de saldo, mas o Náutico leva vantagem no número de gols marcados, 4 a 3. "O futebol é muito dinâmico. Roberto está fazendo um bom trabalho e desejamos sorte para ele", disse o presidente do Náutico, Mauricio Cardoso. A diretoria do Náutico ainda não definiu quem será o novo técnico, mas afirmou que o interino para o jogo contra o Grêmio, neste sábado, será o ex-zagueiro Sangaletti, que vem atuando como superintendente de Futebol do clube. O Atlético-PR, por sua vez, não confirmou oficialmente a contratação de Fernandes, apenas marcou uma entrevista coletiva sobre o assunto para esta quarta-feira. Mas o próprio técnico já deu com a língua nos dentes: "O Atlético-PR tem uma das melhores estruturas do país e dá condições ao treinador para fazer bem o seu trabalho", elogiou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.