Roberto teme tomar calote do Flamengo

O meia Roberto, da Ponte Preta, indicado pelo técnico do Flamengo, Abel Braga, disse nesta segunda-feira que ainda não foi procurado pela diretoria do clube carioca. O jogador, porém, revelou ter proposta do futebol japonês e demonstrou preocupação com relação a salários atrasados. "Fiquei muito tempo sem receber na Ponte Preta. Tenho medo de que isso aconteça no Flamengo", afirmou o atleta.Nesta segunda-feira, o vice-presidente de Finanças do Flamengo, Luiz Felipe Brandão, entregou o cargo. Ele alegou divergências de idéias com Michel Assef, presidente do Conselho Administrativo, e optou pela demissão. O presidente eleito Márcio Braga vai tentar demovê-lo da idéia por considerar o dirigente peça importante na reestruturação financeira do clube.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.