Roberto volta ao time da Ponte

A maior novidade da Ponte Preta no jogo de domingo, às 16 horas, contra o Paysandu, no estádio Moisés Lucarelli, será a volta do capitão e volante Roberto. O jogador desfalcou o time do técnico Abel Braga nas duas últimas partidas devido ao imbróglio jurídico envolvendo a sua suspensão pela expulsão diante do Fluminense na última rodada do Campeonato Brasileiro de 2002. Como pegou dois jogos de suspensão, o jogador não poderia atuar contra Inter e Juventude. Justamente por ter estado em campo, a Ponte Preta pode perder os quatro pontos conquistados nas duas partidas.Para evitar mais problemas, uma vez que o time de Campinas está brigando na justiça para não perder os pontos, a diretoria achou melhor tirá-lo de campo contra o Cruzeiro e o Criciúma."Não via a hora de voltar a jogar. Se já é ruim ficar fora por contusão ou suspensão, imagine sabendo que tenho condições e não poderia jogar. Agora só quero entrar e ajudar a Ponte Preta a conquistar mais pontos", explicou Roberto.Para enfrentar o Paysandu, o técnico Abel Braga faz mistério e promete divulgar o time somente momentos antes do jogo. Na zaga, Gerson e Luís Carlos, autor do gol salvador contra o Criciúma, brigam para jogar ao lado de Gabriel. Outra dúvida está no ataque. Com a recuperação de Jean, Fabrício Carvalho pode perder a vaga de titular. Mas Vaguinho, que entrou bem contra os catarinenses na quarta-feira, corre por fora e pode ser o companheiro de Sérgio Alves na linha de frente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.