Robinho: 'A pressão de vencer em 2014 será ainda maior'

Jogador festeja escolha da Fifa e diz que espera estar em grande forma física para disputar a competição

Efe,

30 de outubro de 2007 | 16h04

O atacante brasileiro Robinho, do Real Madrid, recebeu com satisfação a notícia de que o Brasil organizará a Copa do Mundo de 2014 e disse que "a pressão de vencer será ainda maior". Veja também: Brasil é confirmado como sede da Copa do Mundo de 2014 Brasil enfatiza preservação ambiental na apresentação na Fifa Paulo Coelho brinca: futebol é mais importante que sexo Imagens da cerimônia na sede da FifaAs cidades candidatas a sede da Copa do Mundo de 2014 Opine: o que você acha do Mundial no Brasil? "É uma grande notícia para meu País. Estou muito feliz pelo fato de o Brasil receber a maior competição que existe no mundo do futebol. Agora, vamos pensar no próximo Mundial e teremos tempo de imaginar como será o nosso", declarou em conversa no centro de treinamentos do Real Madrid. Robinho também expressou seu desejo de chegar à Copa de 2014 com uma vaga na equipe titular da seleção brasileira. Além disso, o craque se mostrou convencido de que a torcida brasileira realizará um grande espetáculo. "Restam seis anos para que chegue, mas desejo chegar em um grande momento da minha carreira. Espero continuar crescendo como até agora. Seria lindo viver esta Copa, pois a torcida tornará o ambiente incrível nos estádios e para o Brasil a pressão de vencer será ainda maior", concluiu.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa 2014Robinhoseleção brasileira

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.