Reprodução Sivasspor Twitter
Reprodução Sivasspor Twitter

Robinho assina por um ano e meio com Sivasspor e celebra chegada à Turquia

Atacante estava sem clube desde que deixou o Atlético-MG no final do ano passado

Estadão Conteúdo

23 Janeiro 2018 | 15h34

O atacante Robinho foi oficializado nesta terça-feira como novo reforço do Sivasspor, clube da primeira divisão turca. O veterano de 33 anos assinou contrato até o meio de 2019 com a nova equipe e recebeu a camisa de número 70 das mãos da diretoria, antes de comemorar a chegada ao país.

+ Barcelona anuncia a saída de Mascherano, que deve ir para o futebol chinês

"O Sivasspor é um bom clube e a torcida também é muito legal. Eu já conhecia o Campeonato Turco, muitos jogadores brasileiros jogaram aqui. Agora, o Robinho está no Campeonato Turco", declarou o jogador, que revelou ter obtido informações do país com Cicinho e Roberto Carlos, com quem atuou no Real Madrid.

Robinho vinha de duas temporadas atuando pelo Atlético-MG, mas deixou o clube ao fim de seu contrato, em dezembro. Além das más atuações recentes, pesou contra o jogador a condenação a nove anos de prisão na Itália, por um caso de violência sexual contra uma garota albanesa ocorrido em 2013, quando ainda defendia o Milan.

Sem acordo para renovar com o Atlético-MG, Robinho foi novamente especulado no Santos, mas as negociações não andaram. O jogador também foi procurado pelo São Paulo, que admitiu as conversas, mas também não houve acordo.

Desta forma, Robinho aceitou a proposta para defender o oitavo colocado do Campeonato Turco, com 27 pontos em 18 jogos disputados. Ele será colega de outro brasileiro, o zagueiro Auremir, que teve breve passagem pelo Vasco em 2012. O Sivasspor ainda conta em seu elenco com o atacante Arouna Koné, de 34 anos, que já atuou no Sevilla e no Everton.

O clube turco será o sétimo da carreira de Robinho. Formado nas divisões de base do Santos, para onde voltou em outras duas oportunidades, o atacante também já vestiu as camisas de Real Madrid, Manchester City, Milan, Guangzhou Evergrande e Atlético-MG.

Mais conteúdo sobre:
Robinho Sivasspor

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.