Robinho coloca vaga na Sul-Americana como meta do Cruzeiro no último jogo do ano

Meia projeta vaga na Libertadores de 2018 por meio da competição continental

Estadão Conteúdo

08 de dezembro de 2016 | 15h46

No 13.º lugar do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro não corre risco de cair, nem tem chance de chegar à próxima edição da Copa Libertadores. Assim, a meta do clube na última rodada é conseguir uma vaga na Copa Sul-Americana. Para isso, basta conquistar um ponto contra o Corinthians.

"A Sul-Americana agora dá vaga para a Libertadores também. Um campeonato que traz mais jogos para o clube, dá mais rodagem para o elenco. É importante a gente se classificar para, quem sabe, batermos campeões e garantir uma vaga na Libertadores", projetou o meia Robinho.

Com o Brasil tendo oito vagas na Libertadores e seis na Sul-Americana, até o 14.º colocado do Brasileirão terá vaga na segunda principal competição do continente. Ponte Preta, São Paulo e Fluminense estão garantidos, assim como quem perder a briga pelas últimas duas vagas na Libertadores: Corinthians, Botafogo ou Atlético-PR.

Assim, restam duas vagas na Sul-Americana. O Cruzeiro, com 48 pontos, sai na frente nesta briga. Depende só de um empate contra o Corinthians, em casa. O Coritiba, com 46, também depende só de si, precisando ganhar da Ponte Preta em Campinas.

O Vitória, com 45, precisa vencer o Palmeiras e torcer por derrota do Cruzeiro ou tropeço do Coritiba. Por fim, o Sport, com 44, depende de tropeços tanto do Coritiba quanto do Vitória.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.