Antonio Calanni/AP
Antonio Calanni/AP

Robinho dá assistência, Milan vence e encerra jejum no Italiano

Com o resultado, a equipe da casa alcança a nona posição da tabela, com oito pontos

AE, Agência Estado

28 de setembro de 2013 | 18h01

MILÃO - Depois de amargar três jogos seguidos sem vitória no Campeonato Italiano, o Milan venceu a Sampdoria por 1 a 0, neste sábado, no San Siro, em Milão, em um dos dois jogos que abriram a sexta rodada da competição. Com o resultado, a equipe da casa alcançou a nona posição da tabela, com oito pontos, e ganhou novo fôlego em sua luta para se aproximar dos líderes.

O esloveno Valter Birsa, logo no primeiro minuto do segundo tempo, marcou o único gol da partida, na qual o time rubro-negro encerrou um jejum de triunfos que durava desde 1.º de setembro, quando bateu o Cagliari por 3 a 1, também em casa. Depois daquele duelo, a equipe empatou por 2 a 2 com o Torino, caiu por 2 a 1 diante do Napoli no clássico, em Milão, e ficou no 3 a 3 com o Bologna nos confrontos seguintes do torneio nacional.

Sem poder contar com Kaká, lesionado, e Balotelli, suspenso por três jogos depois de ter sido expulso no duelo diante do Napoli, o Milan contou com Robinho entre os titulares durante os 90 minutos. E foi dos pés do atacante que saiu o passe que resultou no gol de Birsa, após boa jogada do brasileiro pela esquerda.

Robinho, por sinal, mostrou boa movimentação e fez belos dribles, mas desperdiçou uma incrível chance de marcar um gol após receber uma sobra na pequena área e pegar mal na bola, com o goleiro adversário já batido no lance. Com isso, o atacante perdeu a oportunidade de ampliar o placar para o Milan na etapa final.

Com a derrota, a Sampdoria segue amargando a 18.ª posição, com apenas dois pontos ganhos em seis jogos, e encabeça a zona de rebaixamento da tabela.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.