Robinho desfila no Santiago Bernabéu

Robinho passa a viver, a partir deste sábado, a rotina de ser de fato mais um galáctico do Real Madrid. Depois da festa pela apresentação, da alegria pelos 27 minutos de estréia no campo do Cádiz, duas semanas atrás, e dos jogos com a seleção, chegou a vez de apresentar-se no Santiago Bernabéu, o palco que lhe será familiar nos próximos anos. O astro contratado do Santos por US$ 30 milhões tem tudo para começar como titular o jogo com o Celta, na segunda rodada do Campeonato Espanhol. O técnico Vanderlei Luxemburgo o colocou na equipe principal, no treino desta sexta-feira, e a tendência é a de que atue mais adiantado ao lado de Ronaldo. A partida começa às 15 horas, de Brasília, e terá transmissão ao vivo na Band e na ESPN. Robinho tem sido badalado desde a chegada e o interesse em torno de seu desempenho é enorme. A torcida do Real quer vê-lo o mais rapidamente possível como presença permanente no time e a camisa 10, que lhe foi reservada, já se transformou em sucesso de vendas. Além disso, desde o início da semana não há mais ingressos disponíveis para a apresentação deste sábado. Em torno de 80 mil pessoas acompanharão os primeiros passes do ?Príncipe? em um local acostumado a colher grandes ídolos. O clube teve problemas até para atender aos pedidos de credenciamento, por conta das solicitações de jornalistas do mundo todo que querem ver o novo astro em ação. Robinho não parece nem um pouco assustado com a responsabilidade. A pressão já se diluiu no campo de Cádiz, quando ajudou o time a virar e a vencer por 2 a 1. Se mantiver o sangue frio que demonstrou nos treinos da semana e no convívio com as feras que compõem o elenco, não será surpresa se se comportar como se estivesse na Vila Belmiro. ?Estou tranqüilo e pronto para o que vier?. Para manter o bom astral, tem recebido apoio dos pais, que o acompanharam a Madri, onde pretendem morar. Eles procuram casa, junto com o empresário Wagner Ribeiro, e já se tornaram objeto de disputa de donos de restaurante. Muitos querem ter o privilégio de receber os parentes do craque, mesmo que seja para um lanchinho, para conferir-lhes prestígio e publicidade confiável. Fenômeno volta - Robinho é o foco de atenções e hoje maior aposta no projeto de recuperação de hegemonia do Real Madrid. Mas o time não pode prescindir de seus outros craques. Um deles é Ronaldo. O artilheiro ficou fora do jogo do Brasil com o Sevilla, por causa de contusão, fez tratamento nos últimos dias e teve escalação confirmada após controle médico. Baixa certa, no entanto, é a de Zinedine Zidane. O astro francês sofreu estiramento, no duelo que a seleção de seu país fez com a Irlanda, na quarta-feira, pelas Eliminatórias da Copa de 2006, e a previsão é a de que fique fora um mês. Com Zidane em recuperação, há espaço para Júlio Baptista firmar-se no meio-campo. O ex-são-paulino deve atuar ao lado de Beckham e Gravensen. Como o Real sabe promover-se, há mais dois motivos para festa neste sábado: o goleiro Casillas completa 200 jogos pela equipe e o zagueiro Sérgio Ramos, contratado do Sevilha pelo mesmo valor de Robinho, fica no banco.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.