Divulgação
Divulgação

Robinho diz que Cruzeiro precisa melhorar em casa para respirar

Jogando como mandante, a equipe jogou 14 partidas e ganhou apenas quatro

Agência Estado, Estadão Conteúdo

05 Outubro 2016 | 15h09

Diante da Ponte Preta, no próximo sábado, às 21 horas, o Cruzeiro vai ter a oportunidade de um feito inédito para o clube neste Brasileirão: vencer duas partidas seguidas em casa. O time mineiro vem de triunfo sobre o Grêmio, por 1 a 0, no sábado passado, e agora quer repetir a dose diante da Ponte para se afastar da zona de rebaixamento.

"Precisamos de um sequência boa dentro de casa. Melhoramos contra o Grêmio. O jogo contra a Ponte Preta ainda vai ser mais difícil. Assisti a última partida deles, fizeram um grande jogo, criaram muito. Vai ser difícil, uma vitória nos deixa muito motivados. Uma semana de trabalho ajudou, acho que o jogo vai ser melhor", comentou, nesta quarta-feira, o meia Robinho.

Em 16.º lugar no Brasileirão, o Cruzeiro já fez 14 partidas como mandante no campeonato. Venceu só quatro, empatou cinco e perdeu outras cinco. Ninguém venceu tão pouco jogando diante da própria torcida e só o Santa Cruz fez menos pontos em casa - 16, contra 17 de Cruzeiro e América-MG.

Robinho tem ajudado como dá. O ex-palmeirense deu a assistência para Henrique fazer o gol da vitória contra o Grêmio e balançou as redes diante de Santa Cruz e Atlético-MG. "O time está melhorando muito, essa responsabilidade não é só com os atacantes, acho que todo mundo tem que fazer gols. Espero continuar marcando. A maior preocupação é vencer jogos, porque está difícil", admitiu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.