Robinho diz que irá provar inocência e limpar seu nome

Jogador é acusado de agressão sexual por uma mulher de 18 anos; fato teria ocorrido no dia 14

Redação,

29 de janeiro de 2009 | 14h12

O "inferno" na vida de Robinho está apenas começando após a denuncia de abuso sexual por parte de uma mulher de 18 anos. Nesta quinta-feira, o tabloide inglês Daily Star não hesitou em escrever a palavra estupro para definir o que o atacante brasileiro teria cometido numa boate em Ledds, no dia 14 deste mês.Veja também:Pelé critica Robinho por escândalo na InglaterraRobinho nega acusação de agressão sexual na InglaterraManchester City divulga nota oficial de apoio a Robinho Dunga declara apoio a Robinho e o mantém na seleção Na reportagem, Robinho teria dito que está abismado com a atitude da mulher em denunciá-lo, já que não fez nada de errado, e que pretende limpar o seu nome, uma vez que sua família está sofrendo com a má repercussão do caso, e que se sentiu muito mal ao prestar depoimento, pois não seria uma pessoa de má índole.Robinho, que é casado e possui um filho de 18 meses de idade, prestou depoimento na última segunda-feira e cedeu mostras de seu DNA para exames forenses, uma vez que a suposta vítima teria provas da agressão sexual.Enquanto aguarda o inquérito policial, Robinho segue com sua rotina de treinos e jogos pelo Manchester City, que declarou oficialmente total apoio ao jogador brasileiro.Algo similar já aconteceu com outras celebridades do futebol, na Inglaterra, sendo o mais famoso o caso envolvendo o melhor jogador do mundo, Cristiano Ronaldo, que também foi acusado de agressão sexual, mas foi inocentado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.