Robinho diz que possível chegada de Fred seria 'boa dor de cabeça' para Aguirre

O atacante Robinho afirmou nesta quarta-feira que a possível contratação de Fred pelo Atlético Mineiro seria uma "boa dor de cabeça" para o técnico Diego Aguirre. O atacante está insatisfeito no Fluminense e já deu sinais de que pode deixar o clube carioca. O Atlético e o São Paulo despontaram como possíveis destinos do jogador.

Estadão Conteúdo

13 de abril de 2016 | 19h45

"O Fred é um grande jogador. Na minha opinião, todos os grandes jogadores são bem-vindos ao Atlético. Claro que o elenco já é muito forte. Mas se ele vir, vai ser um prazer. Tive a felicidade de jogar com ele na seleção. É uma boa dor de cabeça a mais para o nosso treinador", declarou Robinho.

Depois de ser revelado pelo América e jogar no Cruzeiro, Fred, aos 32 anos, estuda com carinho a hipótese de voltar a Minas Gerais. Para isso, já teria até aceitado reduzir seus salários para R$ 500 mil mensais - especula-se que receba R$ 800 mil no Tricolor carioca.

Nesta quarta-feira, o irmão e empresário de Fred, Rodrigo Chaves, viajou para Belo Horizonte. Seu objetivo seria negociar com os dirigentes da equipe. O presidente do Atlético, Daniel Nepomuceno, negou o interesse e garantiu que o único foco do clube neste momento é a partida desta noite contra o Melgar, que pode garantir o time no mata-mata da Copa Libertadores.

Apesar das especulações, o presidente do Fluminense, Peter Siemsen, afirma que o clube ainda tem esperança de manter Fred no elenco. O atacante teria entrado em atrito com o técnico Levir Culpi.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.