Robinho é dúvida, mas vai se concentrar com o Santos para final

O técnico Marcelo Fernandes, do Santos, vai esperar até o último momento para escalar Robinho no clássico com o Palmeiras, no primeiro jogo da decisão do Campeonato Paulista. "Vamos esperar, mas uma coisa é certa: todos os jogadores vão concentrar", avisa o comandante, que ficará em regime de concentração com os atletas a partir deste sábado.

PAULO FAVERO, Estadão Conteúdo

24 de abril de 2015 | 15h54

Robinho é a maior dúvida na escalação do time. O jogador está com um edema na coxa esquerda e vem sentindo dores desde a partida contra o XV de Piracicaba, pelas quartas de final do Estadual. "Naquele jogo ele saiu porque tinha sentido alguma coisa. Vamos fazer de tudo para que ele possa estar em campo no domingo", continua.

O treinador mostra-se preocupado porque, além do atacante, outros jogadores estão entregues ao departamento médico. "Não é só ele, mas também temos alguns jogadores sob cuidados do departamento médico e vamos aguardar até a hora do jogo. Estamos torcendo para que eles possam atuar", afirma.

Cicinho não treinou na quinta-feira e Werley já está fora do clássico porque está com dengue. O volante Valencia está com uma lesão muscular e o zagueiro Gustavo Henrique é dúvida. "O Gustavo Henrique está vindo de lesão, vai treinar e dependemos disso para ver quem joga domingo. Se não puder entra o Paulo Ricardo, que tem treinado muito bem", explica.

Marcelo Fernandes garante que não está escondendo o jogo e fica com o pé atrás até mesmo quando o assunto é a ausência de Valdivia do outro lado. "Não temos essa certeza de que ele não vai jogar, portando não dá para dar sorriso, ficar triste ou feliz. Pensamos no Palmeiras em todos os aspectos", conclui.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantos FCRobinho

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.