Robinho é punido com só um jogo por expulsão na Copa do Brasil

Robinho é punido com só um jogo por expulsão na Copa do Brasil

Suspensão dada pelo STJD não atrapalha atacante, que já cumpre pena nesta quinta-feira, contra o Botafogo, pelas quartas de final

O Estado de S. Paulo

15 de outubro de 2014 | 20h39

Expulso na partida de ida das quartas de final da Copa do Brasil, Robinho já não enfrentaria o Botafogo nesta quinta-feira, no Pacaembu. Mesmo assim, o prejuízo para o Santos poderia ter sido muito maior. Isso pelo fato do atacante ter sido julgado nesta quarta-feira pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), em virtude da expulsão na vitória por 3 a 2 sobre a equipe carioca.

Punido em apenas um jogo pelo tribunal, o santista está livre para defender o Santos caso o time se classifique para a semifinal - a única partida de suspensão será cumprida já nesta quinta-feira. Além da expulsão, Robinho foi julgado por ter se revoltado contra o árbitro Dewson Fernando Freitas da Silva, que relatou o ocorrido na súmula do jogo.

O atacante foi denunciado pela procuradoria do STJD por simulação e por desrespeito aos árbitros. Na súmula, Dewson escreveu que “após ter sido expulso o referido atleta veio em minha direção apontando o dedo ao meu rosto e proferindo as seguintes palavras: ‘p... tu tá de sacanagem, seu maluco’, e em seguida me puxou pelo ombro e continuou reclamando”.

O jogador respondeu por infração ao artigo 258, incisos I e II do CBJD e foi defendido pelo advogado do Santos, Teothônio Chermont, que apresentou vídeo com os lances que renderam os dois amarelos ao atleta. Após exibição, a defesa negou que tenha ocorrido simulação e pediu a absolvição de Robinho nas duas infrações imputadas.

Francisco Pessanha, relator do caso, aplicou pena de um jogo de suspensão a Robinho, voto que foi acompanhado pelos auditores Luis Felipe Procópio e Gustavo Teixeira e pelo presidente da sessão, Fabrício Dazzi.

Assim, o jogador vai cumprir a suspensão automática normalmente contra o Botafogo e poderá ser escalado por Enderson Moreira normalmente no domingo, no clássico contra o Palmeiras, também no Pacaembu, pelo Campeonato Brasileiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.